Obras

5 dicas sobre o escoramento metálico em lajes

O escoramento metálico é um sistema responsável por suportar o peso das estruturas de concreto. Veja dicas para garantir a segurança da obra!

Noticia Versatil em destaque

O escoramento metálico é um sistema composto por torres, escoras e vigas que podem ser de aço ou alumínio e tem como principal função suportar o peso das estruturas de concreto, a fim de sustentar as lajes e transferir a carga e sobrecarga.

Ele é utilizado nos mais diversos tipos de obras, sendo caracterizado por sua precisão geométrica, alta capacidade o suporte do peso e facilidade de montagem. Mas, para que o escoramento metálico cumpra sua função de forma satisfatória, é preciso seguir algumas boas práticas em todas as etapas, da concepção do projeto à retirada do escoramento.

Preparamos uma lista com algumas dicas importantes para garantir a segurança e a durabilidade da estrutura de concreto. Continue a leitura!

Dicas para o escoramento metálico em lajes

1. Faça um projeto de escoramento

O primeiro passo é ter um projeto de escoramento que considere as características mecânicas dos materiais que compõem o suporte. Conforme já apontamos, pode incluir vigas, torres e escoras feitas de aço ou alumínio.

No caso do escoramento estar apoiado no solo - sem um piso concretado - o projeto deve considerar a resistência da base. Isso significa aumentar o número de escoras para garantir uma distribuição uniforme do peso.

Com isso, o projeto também deve considerar o tipo de molde utilizado, o ciclo de concretagem e o tipo de concreto, já que tudo isso impacta na distribuição das escoras.

2. Analise o tipo de sistema de escoramento metálico

Outro ponto importante é considerar os sistemas de escoramentos metálicos que estão disponíveis no mercado. São três: simples, de torre e mesas voadoras. Eles são diferentes em relação à matéria-prima, capacidade de carga e nível de dificuldade na montagem.

  • Escoramento metálico simples
    Os simples são mais utilizados pois incluem escoras feitas com tubos em forma de flauta, furados para o ajuste grosso de altura. Nesse caso, o ajuste fino é feito por rosqueamento.
  • Escoramento metálico de torres
    Formado por escoras verticais contraventadas, semelhantes a andaimes, o sistema de torres é caracterizado por escoramentos mais estáveis e que suportam cargas maiores. São especialmente indicados para estruturas com pé direito alto.
  • Escoramento metálico de mesas voadoras
    Outro tipo de sistema de escoramento metálico é o de mesas voadoras, indicadas para estruturas de concreto com muitas repetições, como as grandes lajes planas e sem interferências de vigas internas e de vigas de borda.

3. Considere a locação de escoramento metálico

Apesar da escolha por comprar ou alugar os escoramentos metálicos depender do prazo de execução da obra, a locação se destaca como a opção mais vantajosa em praticamente todos os cenários.

O custo-benefício é mais atrativo, a obra ganha modernidade com a variedade de equipamentos disponíveis e fica mais econômico ter que lidar com os custos de manutenção deste tipo de equipamento.

4. Tenha atenção no recebimento das peças no canteiro de obras

Um momento crucial para o sucesso do projeto é o cuidado na chegada dos escoramentos metálicos no canteiro de obras. Esse processo deve ser acompanhado de perto por uma equipe responsável para conferir o estado de conservação das escoras e das soldas.

Além de checar a quantidade de peças, também é importante verificar se os tubos das escoras, os quadros metálicos, as roscas, as sapatas e os forcados não foram amassados no transporte.

Outro ponto primordial é o armazenamento, que deve ser feito em local fechado e com acesso controlado. Esse cuidado evita que as peças sejam danificadas por terceiros não autorizados.

5. Peças do escoramento metálico exigem cuidados

Outra boa prática para garantir um resultado satisfatório com o escoramento metálico é lavar as peças após o uso para eliminar restos de concreto e argamassa. Também é interessante engraxar as roscas a fim de aumentar a durabilidade do escoramento.

O uso de ferramentas adequadas para a montagem e desmontagem do equipamento também é fundamental. Recomendamos evitar peças como pé-de-cabra e martelos sem a proteção de cabeça de borracha.

Procura uma empresa especializada em escoramento?

A Versátil Andaimes e Escoramentos possibilita uma forma mais simples e inteligente de reduzir os custos e o tempo da sua obra com um sistema de escoramento que garante qualidade e agilidade na execução.

Conheça alguns dos diferenciais:

  • Sistema de torres modulares leve e de fácil montagem, proporcionando economia na construção de sua obra;
  • Evita desperdício de material;
  • São reutilizáveis por muitos anos;
  • Requer menos mão-de-obra.

Clique aqui para solicitar uma proposta personalizada para a sua obra!

Mais lidas

Noticia Versatil em destaque
Construção Civil

Diferença entre coluna, pilar, viga e laje

Leia mais
Noticia Versatil em destaque
Andaimes

Tudo que você precisa saber sobre andaime tubular

Leia mais
Noticia Versatil em destaque
Andaimes

Como calcular o m2 do andaime?

Leia mais

Leia também

Noticia Versatil em destaque
Institucional

Versátil Andaimes: 37 anos construindo uma história de confiança

Em 2024, a Versátil completa 37 anos de existência. Acompanhe no artigo um pouco mais sobre as quase quatro décadas de história da empresa.… Leia mais
Noticia Versatil em destaque
Construção Civil

Alvenaria x Drywall

Confira as principais diferenças entre alvenaria e drywall, e descubra as vantagens e desvantagens que cada material oferece para a sua obra.… Leia mais
Noticia Versatil em destaque
Andaimes

Principais cuidados no trabalho com andaimes

Confira no artigo os cuidados essenciais no trabalho com andaimes para garantir segurança e eficiência no canteiro de obras. A utilização de andaimes, independentemente do tipo de atividade, é c… Leia mais

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

ENTRE EM CONTATO COM A VERSÁTIL

Selecione a Versátil mais próxima de você

Imagem vazia -versatil